Home ⁄ Dicas ⁄ Rede de Proteção: Qual tipo ideal para o seu apartamento
rede de proteção em apartamentos

Rede de Proteção: Qual tipo ideal para o seu apartamento

Elas são indispensáveis e são muito utilizadas em janelas, parapeitos, sacadas, mezaninos, escadas e varandas para garantir a segurança de crianças e animais de estimação em apartamentos e residências que ofereçam risco de queda de pessoas, animais e objetos.

É usada também na construção civil, para evitar acidentes de obra e em edifícios para prevenir a entrada de pássaros e morcegos.

Nesse post você irá tirar suas dúvidas sobre a rede de proteção. Você saberá quais são as normas técnicas que regem a instalação e fabricação desse mecanismo de segurança.

Além de conhecer os modelos de redes disponíveis e quais podem ser utilizados para proteção de crianças, gatos e ainda como proceder para instalar redes de proteção em condomínios e apartamentos.

Por que colocar Rede de Proteção?

De acordo com dados do Ministério da Saúde, as quedas são hoje a principal causa de internação por motivos acidentais de crianças e adolescentes de zero a 14 anos no Brasil.

Segundo o levantamento, em 2019, 51.978 crianças dessa faixa etária foram hospitalizadas. Destas, 19.600 tem de cinco a nove anos.

As redes são indispensáveis para quem tem filhos menores de 12 anos ou animais de estimação, pois o risco de esquecer uma janela aberta, ou da criança abrir a janela é grande.

É necessário, mesmo para as pessoas que não tem filhos ou animais, mas que costumam receber crianças em casas. No caso de avós, por exemplo, que recebem seus netos e muitas vezes residem em apartamentos que oferece risco de queda.

Redes de Proteção Para Crianças e Gatos

Dicas de como criar pets em apartamento

Todo cuidado com uma criança por perto é pouco. Para quem mora em apartamentos então a melhor solução é investir em redes de proteção. A mais adequada para quem tem ou recebe crianças no apartamento, é a rede de proteção de polietileno com resistência de 50kg por malha e 350kg/m com malha de 5×5 que são indicadas para crianças e animais. Pode-se usar também a rede de proteção com malha 7×7 para crianças e idosos.

A mesma rede utilizada para crianças também são indicadas para gatos, geralmente se utiliza a malha de 5×5, porém para gatos com menos de 6 meses é indicado o uso de redes com malha de 3×3.

Escolha da cor da Rede de Proteção

Para quem mora em condomínio, o ideal é consultar primeiro o síndico ou administradora se há uma padronização para as redes de proteção. Pois, alguns edifícios determinam que as redes sejam de uma determinada cor e modelo.

Mas, se no seu prédio não tem nenhum tipo de padrão, você pode observar quais cores estão sendo usadas pelos outros moradores. Se for a primeira a pessoa a instalar, confira as nossas dicas:

Existem 9 cores usuais de redes de proteção: branca, preta, prata, cristal, marrom, azul, verde, amarela e areia.

Na hora de escolher a cor da rede observe qual a cor da esquadria das janelas, qual a cor da cortina e de outras superfícies que ficarão em contraposição a rede, escolha a cor que seja menos contrastante.

A mesma coisa vale para a estrutura, no caso de haver a necessidade de perfis para a sustentação das redes, estes podem ser da cor da parede de fundo para dar um acabamento harmonioso.

Norma Técnica para a Instalação de Redes de Proteção

Tanto para os materiais usados quanto a instalação deve ser feita de acordo com a NBR 16046/2012, que se divide em:

NBR 16046-1 (Parte 1 – Fabricação da Rede de Proteção);

NBR 16046-2 (Parte 2 – Corda para a Instalação da Rede de Proteção);

NBR 16046-3 (Parte 3 – Instalação).

E tratam exclusivamente de redes de proteção para janelas, sacadas, escadas, mezaninos, parapeitos, floreiras e outros lugares que necessitem de segurança.

A instalação de redes de proteção deve ser feita por uma empresa especializada. Pois, o mais importante na hora da instalação é tensionar corretamente as tramas para garantir de fato a proteção contra a queda.

Então, não basta comprar o produto sem saber como fazer o tensionamento das tramas e os testes de qualidade.

Cada ambiente vai demandar uma solução específica na hora da instalação, observando principalmente os pontos de fixação dos ganchos e buchas, seja: alvenaria, madeira, estrutura metálica, etc. A distância entre cada gancho não pode passar de 35 cm.

Se você tiver alguma outra dúvida sobre assunto, fale com a gente nos comentários que podemos ajudar você. Até o próximo post!

Leia outros conteúdos que podem lhe ajudar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *