Home ⁄ Novidades ⁄ Bicicletário: De luxo a necessidade

Bicicletário: De luxo a necessidade

 

Sem dúvidas, a bicicleta é uma febre atual. E se, antes da pandemia já era uma tendência mundial, agora a onda de pessoas com novos hábitos pós-pandemia como andar de bicicleta já é realidade.

No Brasil, a utilização de bicicletas tem aumentado. Seja como meio de transporte para passeio, para ir ao trabalho ou até mesmo para as atividades físicas. Inclusive, muitas cidades desenvolvidas ao redor do mundo baseiam suas políticas de mobilidade urbana na expansão desse meio de transporte.

Por que a bike virou uma febre

Alguns fatores como engarrafamentos, poluição, alto preço dos combustíveis e prática de atividade física, fizeram com que as bicicletas ocupassem cada vez mais as ruas.

Em muitos casos, ela pode ser o meio de locomoção mais rápido para se chegar ao destino e proporciona mais liberdade para escolher qual caminho percorrer.

Com toda essa expansão, muitos condomínios têm se preocupado em oferecer um espaço adequado para guardar esse transporte.

Esse espaço ideal é chamado de bicicletário que deixou de ser um luxo em condomínios para se tornar uma necessidade.

Lei bicicletário em condomínio

Na cidade de São Paulo, bicicletário em condomínio é lei desde 2013. Entre as determinações estão:

-Usuários precisam ter acesso garantido ao bicicletário;

-Bicicletários devem ser em ambiente de fácil acesso, próximo da rua e da calçada;

-Precisa haver a distância mínima de 0,75 metro entre os suportes para prender as bicicletas;

-Equipamentos devem ter no mínimo 1,80 metro de extensão, com altura mínima de 2 metros.

Até o momento, são poucas as cidades no Brasil que seguem o exemplo de São Paulo quando o assunto é bicicletários para condomínios.

Apesar de não ser obrigatório na maioria das regiões, a instalação do equipamento pode ajudar o condomínio de diversas formas. Seja incentivando os moradores a mudar para um meio de transporte sustentável ou então contribuindo para maior valorização do imóvel.

Vantagens de ter um bicicletário no condomínio

– Organização

Em geral, o bicicletário é instalado próximo à entrada do estacionamento, evitando que as bicicletas sujas sejam levadas para dentro do prédio e causem transtorno entre os moradores.

-Evita danos

Os bicicletários em condomínios contribuem para manter os demais veículos longe de arranhões. E sua ausência faz com que o proprietário deixe sua bicicleta na garagem junto com os carros, em locais inapropriados.

Além disso, quando as bicicletas ficam mal posicionadas na garagem, podem ser danificadas no aro e no quadro. Por isso, é importante ter um local exclusivo para esses equipamentos.

Regras de uso do equipamento

Para o bom funcionamento dos bicicletários em condomínio, é preciso criar um regulamento em que as regras e as responsabilidades do uso do equipamento pelos moradores são definidas.

Diante disso, a administração e os condôminos podem se unir para alterar o regimento e incluir essas regras de uso. Assim, terá um documento que abordará tudo que precisa ser definido a respeito dos bicicletários em condomínios.

O documento pode definir as seguintes questões:

  • Como funciona o esquema de segurança em um bicicletário? Ele será monitorado 24 horas por câmeras e será fechado com cadeado? Neste caso, o morador deverá pegar uma chave na portaria e deixar sua assinatura em um livro de controle (horário de retirada e devolução da bicicleta);
  • Cada bicicleta deverá ser identificada com número de apartamento e bloco?
  • Cada bicicleta deve ser lacrada com cadeado para evitar transtornos posteriores e a utilização indevida?
  • A entrada do morador com bicicleta se dará pela portaria principal ou pela garagem?
  • O bicicletário é uma área exclusiva dos moradores ou também pode ser utilizada por visitantes?
  • Como será feita a definição de lugares? Ela será determinada conforme a ordem das unidades ou de acordo com a frequência de uso das bicicletas (quem usa mais a bicicleta estaciona em uma vaga melhor)?

A criação de regras, é a forma de manter um controle maior sobre os bicicletários em condomínios. Assim, é possível evitar diversos problemas, como permitir o uso de bicicletário para armazenar outros objetos.

Em Santarém, o Riviera Special Home que é o novo empreendimento da CEO, incluiu no seu projeto um bicicletário, um espaço que será essencial para quem escolheu ter uma vida mais saudável ao pedalar de bike.

Legal né?

Conheça o nosso projeto, visitando o nosso stand na Av. São Sebastião, nº 2845, Bairro Aldeia, iremos amar te receber.

Temos mais materiais que podem lhe interessar:

Conheça os benefícios de ter uma horta comunitária
Coworking: qualidade de vida no home office
Lavanderia em condomínio: praticidade para seu dia a dia

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *